MAV – MALFORMAÇÃO ARTERIOVENOSA CEREBRAL

Oi meninas(os), vamos abordar um tema, diferente do que estamos costumadas(os) a ver aqui no blog, vamos falar um pouco sobre MAV… Estava assistindo “Malhação”, e o personagem “Martin” interpretado pelo ator Hugo Bonemer, conta à sua noiva “Micaela” (Laís Pinho), que tem MAV… E como eu sou uma pessoinha super curiosa, resolvi pesquisar mais sobre isso. O Hugo havia postado umas reportagens/ artigos sobre isso no twitter, o que facilitou a minha pesquisa…

Mais enfim, vamos intender um pouco sobre o MAV;

O que é malformação arteriovenosa cerebral (MAV)?

– Uma malformação arteriovenosa cerebral (MAV) é uma conexão anormal entre artérias e veias que modifica o fluxo normal de sangue entre elas. Uma MAV, que está presente desde o nascimento. Pode se desenvolver em qualquer parte do corpo, mas
ocorre com mais frequência no cérebro ou na coluna vertebral. Aparece como um emaranhado de vasos sanguíneos anormais e dilatados.

Quais são os sintomas?

-Muitas vezes uma MAV cerebral não apresenta sinais ou sintomas.Os sinais e sintomas de uma MAV cerebral incluem:

Crise convulsiva;

Dor de cabeça (cefaléia);

Som pulsante na cabeça (zumbido pulsátil);

Fraqueza progressiva ou dormência em um lado do corpo;

Quando ocorre hemorragia no cérebro, causado pelo rompimento de um dos vasos, os sintomas podem ser bem parecidos com (AVC ou Derrame).

Dor de cabeça súbita e severa;

Fraqueza ou dormência em um dos lados do corpo;

Perda da visão;

Dificuldade em falar;

Incapacidade de compreender os outros;

Quais são as causas?

– Acredita-se que uma MAV se desenvolve durante o desenvolvimento fetal. Normalmente, o coração envia sangue rico em oxigênio e glicose para o cérebro através das artérias, que se ramificam em arteríolas menores e, posteriormente, em capilares. O sangue pobre em oxigênio passa para vênulas pequenas e, em seguida, para veias de drenagem maiores, devolvendo-o ao coração e
pulmões para receber mais oxigênio. Na presença de uma MAV, o sangue passa diretamente das artérias para as veias através de vasos anormais, atrapalhando o processo normal de como o sangue circula através do cérebro.

Quais são os tratamentos?

– As opções de tratamento para uma MAV cerebral dependem do tamanho e localização dos vasos sanguíneos anormais. Remédios também podem ser usados para tratar os sintomas.

Cirurgia:

A ressecção cirúrgica de uma MAV cerebral pequena é na maioria dos casos segura e eficaz. O neurocirurgião realiza uma abertura no crânio (craniotomia) e remove a MAV com auxilio de microscópio cirúrgico. O osso do crânio é então recolocado e o couro cabeludo é fechado com pontos. As malformações que estão em regiões profundas do cérebro apresentam um maior risco de complicações.

Embolização endovascular:

Através um cateterismo, as artérias que nutrem a malformação são preenchidas com um líquido que endurece na presença de sangue, reduzindo o fluxo sanguíneo para a MAV e propiciando a sua oclusão. A embolização endovascular pode ser feita como tratamento único ou antes de outros tratamentos para reduzir o tamanho da MAV e reduzir a possibilidade de sangramento durante a operação.

Radiocirurgia estereotáxica:

Este tratamento utiliza radiação focalizada precisa com o objetivo de ocluir a MAV. A radiação faz com que os vasos da MAV se obliterem lentamente em meses ou anos após o tratamento.

 

Espero que tenham gostado e aprendido!

 

Beijos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s